fbpx

Estoque de segurança na indústria de vestuário: Entenda como fazer.

Está tendo problemas para gerir o estoque de acordo com as vendas que tem? Não sabe como gerir o estoque de segurança na indústria de vestuário? Confira aqui como criar um estoque de segurança eficaz para a indústria de vestuário.

Estoque de segurança: o que é?

Estoque de segurança é aquele mantido em níveis adequados para evitar faltas mesmo com a variabilidade de demanda.

Um estoque de segurança eficaz garante o equilíbrio entre as despesas de estoque, mantendo apenas num nível suficiente para atender as demandas, mas garantindo também que não haverá a ruptura de estoque.

Com um bom estoque de segurança, o nível da empresa é aprimorado. As vendas são feitas com a certeza de que as demandas serão atendidas, a imagem da empresa se mantém boa, com prazos de entrega cumpridos e a qualidade mantida.

Uma das vantagens do estoque de segurança é que não há a necessidade de fazer contratações ou compras de última hora quando a demanda varia.

Com a previsão correta das variações de demanda, o estoque de segurança garante que os produtos estarão disponíveis.

Como saber se meu estoque de segurança está sendo feito adequadamente?

Há alguns indícios de que o seu estoque de segurança não está sendo bem feito.

Se os custos estão acessíveis e você não tem produtos faltando, seu estoque deve estar adequado.

Contudo, se os custos do estoque estão altos, então há sinais de que a sua gestão de estoque de segurança está inadequada.

Produtos em falta prejudicam suas vendas, enquanto produtos sobrando aumentam seus custos.

Por isso, é fundamental trabalhar na previsão de entrada e saída dos seus produtos de vestuário.

Essa previsão é exatamente o desafio do estoque de segurança, pois há oscilações de demanda que precisam ser calculadas.

Se essa previsão é tão difícil, como gerenciar eficazmente seu estoque de segurança, então? Aprenda mais sobre o assunto logo abaixo.

Pilares do gerenciamento do estoque de segurança

Para fazer um bom estoque de segurança, é preciso planejamento e organização.

A coleta de informações é fundamental para se fazer decisões embasadas e com maior probabilidade de sucesso.

Existem 6 pilares que o ajudarão a gerenciar seu estoque, quais sejam:

1. Saiba o histórico de pedidos

Faça um levantamento do histórico de pedidos com o máximo de informações possíveis.

Dados quantitativos e qualitativos dos produtos de vestuário demandados devem ser levantados.

Dessa forma, será possível encontrar demandas sazonais, tendências, e várias informações sobre quais produtos devem estar no estoque de segurança e em que época do ano.

Se a sua indústria é relativamente nova, tente obter dados de empresas similares para saber como o mercado tem se comportado.

2. Faça uma previsão da demanda

Com os dados levantados, faça uma previsão da demanda. Além do histórico de compras, é preciso levar em consideração o cenário em que você esteja, além do tempo e condições de seu fornecedor ou fabricante.

Esse cálculo é, basicamente, a relação entre o tempo de fornecimento e o tempo de compra.

Há várias fórmulas disponíveis para fazer essa previsão. Você pode optar por contratar um profissional especializado ou um sistema de gestão mais completo para que esse cálculo seja o mais apurado possível.

Use a tecnologia a seu favor para fazer uma boa previsão do seu estoque de segurança, inserindo todos os fatores necessários para chegar a um estoque de segurança suficiente e menos custoso.

3. Estabeleça um método de reposição

Existem diversos métodos de reposição. Após estudar o seu mercado, estude se é melhor ter os produtos de vestuário a pronta entrega ou se, com fornecedores de confiança, você pode ter um estoque reduzido.

É muito importante conhecer e confiar em seu fornecedor para estabelecer um método de reposição.

Leve em conta mais do que o valor de seus produtos de vestuário, pois a confiança, qualidade e uma boa parceria são preciosos para a indústria de vestuário.

4. Negocie os prazos e formas de pagamento com os fornecedores

Como dito anteriormente, uma boa parceria com os fornecedores é fundamental.

Dependendo do perfil e de como funciona seus pagamentos com os clientes, pense em uma forma de pagamento alternativa com seus fornecedores.

Tendo o produto à disposição para venda mesmo com o pagamento posterior garantirá mais vendas e lucros para os dois lados, caso a previsão do estoque tenha sido bem feita.

5. Sazonalidade

Na indústria de vestuário, a sazonalidade é um fator-chave. Isso porque a demanda varia de acordo com as estações, com a mudança de tempo e também com as tendências de moda.

Além disso, frequentemente os produtos de vestuário são importados, vindo de países em que o tempo está o oposto do Brasil.

Por isso, a sazonalidade é um fator importante na gestão de estoque da indústria de vestuário.

É preciso estar atento às variações de demanda por estação. Um levantamento de histórico e um cálculo de demanda são ainda mais importantes em tal indústria.

6. Importância de um sistema de gestão para ajudar nesse processo

Existem várias formas de se fazer o cálculo do estoque de segurança. Fórmulas no Excel, planilhas e tabelas ajudam nesse delicado processo.

Os dados levantados pelo histórico e um bom cálculo da previsão de demanda são os pontos mais importantes (e mais delicados) do cálculo do estoque de segurança.

Por isso, um sistema de gestão pode ser um grande trunfo nesse processo.

Com sistemas de gestão como o da PRODUTEC, é possível ter uma grande quantidade de dados disposta de forma inteligente e intuitiva para auxiliar na tomada de decisões.

A PRODUTEC é especialista na área de produtos de vestuário e possibilita que a gestão de estoques seja mais rápida e eficaz.

Milhares de tabelas e fórmulas podem ser substituídas, simplesmente se inserindo os dados no sistema de gestão e obtendo gráficos e facilidades para definir o estoque de segurança.


Conheça as soluções da PRODUTEC e torne a sua gestão de estoque mais moderna, eficaz e simples. Clique aqui para saber mais.

Continue lendo

mais notícias